Alergia a camarão: Tratamento, sintomas, o que tomar

Alergia a camarão

Quais os sintomas da alergia a camarão?

Os principais sintomas são:

  • Bolhas.
  • Coceira;
  • Erupções cutâneas grossas;
  • Urticária;
  • Vermelhidão;

É mais raro mas também pode acontecer:

  • Dificuldade para respirar;
  • Enxaqueca;
  • Inchaço na garganta;
  • Náuseas;
  • Sufocamento;
  • Vômito repetido.

Como tratar

O tratamento da alergia a camarão é padrão, como na maioria dos outros tipos desta doença. Primeiro de tudo, o contato com o alérgeno é eliminado. Não deve ser usado e outros frutos do mar, tendo uma composição semelhante. O fato é que os sintomas de uma reação alérgica cruzada podem se desenvolver.

O médico deve observar o curso do tratamento medicamentoso. Além disso, é necessário seguir rigorosamente suas recomendações e não se envolver em automedicação.

Como regra geral, a fim de eliminar os sintomas da doença, você deve beber um curso de anti-histamínicos. Manifestações pesadas de alergias são tratadas com meios hormonais. As erupções cutâneas são tratadas com pomadas de hidrocortisona.

Quem tem alergia a camarão pode comer lagosta?

Cerca de 90% das pessoas que tem alergia ao camarão tem alergia aos outros frutos do mar também.

Pode ser que você faça parte dos 10% que não tem, mas caso você não tenha certeza é melhor não experimentar.

Alergia ao sol: Tratamento, sintomas

alergia ao sol

Quais os sintomas da alergia ao sol?

Os principais sintomas são:

  • Bolhas;
  • Coceira;
  • Irritação na pele;
  • Vermelhidão na pele;
  • Sensação de queimação.

Como tratar

Se você quando se expõe ao sol tem alguns dos sintomas que mostramos acima você deve se tratar para que não aconteça algo de mais grave.

O tratamento é prescrito por um dermatologista e normalmente são utilizados remédios anti-histamínicos ou corticoides.

Alergia ao sol tem cura?

Não, alergias não tem cura. O que você pode fazer é evitar o contato com o sol, tratar, utilizar protetor solar e roupas com proteção contra raios ultra violeta.

Tratamento caseiro

O recomendado é procurar um dermatologista, caso você queira se tratar em casa o mais indicado é que você aumente a ingestão de alimentos com quantidade alta de carotenoides como o tomate e o melão.

Alergia a lactose: Tratamento, sintomas

Alergia a lactose

Sintomas de alergia a lactose

  • Cólicas no abdômen;
  • Espirros;
  • Manchas e bolhas na pele;
  • Coceiras;
  • Flatulência e inchaço abdominal;
  • A diarreia é um pouco branca, muitas vezes espumosa, com um cheiro azedo;
  • Aversão subconsciente a produtos lácteos.

Como tratar

É importante saber que o tratamento independente não pode ser realizado! Se aparecer algum sintoma, procure atendimento médico.

O tratamento da alergia à lactose implica adesão obrigatória a uma dieta de eliminação, em que os produtos lácteos são removidos da dieta do paciente, em primeiro lugar – leite integral.

A tolerabilidade dos produtos de leite azedo em pessoas com deficiência incompleta de lactose é geralmente boa, uma vez que o leite fermentado com lactose é parcialmente clivado por bactérias.

Alergia a lactose tem cura?

Como sempre falamos aqui no site alergia não tem cura, tem tratamento, que na maioria das vezes o melhor tratamento é evitar de ingerir a causa que no caso é a lactose.

Testes de intolerância à lactose

Um método simples para ver se você pode ser intolerante à lactose é o chamado desafio do leite.

Beba um copo de leite depois de não ingerir produtos lácteos por vários dias; Se você experimentar os sintomas característicos da intolerância à lactose listados acima, você provavelmente tem a condição.

O seu médico também tem vários testes para verificar se você é intolerante à lactose, incluindo:

  • Teste de respiração de hidrogênio
  • Teste de sangue intolerância à lactose
  • Biópsia intestinal
  • Teste de acidez das fezes
  • Teste genético

O teste de respiração com hidrogênio é uma maneira simples e geralmente precisa para identificar a intolerância à lactose. Seu médico irá lhe pedir para beber um líquido com uma quantidade razoável de lactose, e depois você tem que respirar em um dispositivo que mede a quantidade de hidrogênio em sua respiração.

Se você é intolerante à lactose, as bactérias em seus intestinos irão digerir o açúcar e liberar o hidrogênio e o metano que o dispositivo pode detectar.

Alternativamente, seu médico pode fazer um tipo de exame de sangue chamado teste de tolerância à lactose.


Viu todas as informações sobre alergia a lactose que queria? Nos agradeça compartilhando este artigo nas redes sociais.